Inferências Cognitivas sobre a Cegueira nos Ensinos de Jesus

Autora:

Lisa Mara de Barros Lins

Resumo:

O artigo analisa dois episódios do Evangelho nos quais a cegueira recebe cura e, em razão das circunstâncias associadas a cada um, possibilita inferir ensinos que lhes são inerentes. No Cego de Jericó, onde a cegueira é analisada como doença, constata-se o Espírito experimentando consequências de rebeldia perante as leis naturais. No Cego de Nascença, onde a cegueira é analisada como circunstância, observa-se o Espírito já associado a um propósito de progresso e, por isso, servindo de instrumento para o cumprimento da vontade de Deus.

Palavras-chaves: Cegueira Espiritual. Evangelho. Cego de Nascença. Cego de Jericó.