Espíritas na Amazônia e a Geração Nova – São Chegados os Tempos de Iluminarmos a Terra

Autoras:

Maria Cláudia Silveira, Mariana Pedrett, Maria Sofia Silva e Viviana Cláudia Almeida

Resumo:

Trata-se de um artigo de opinião de um grupo de estudantes da Doutrina Espírita referente às expressões: “São Chegados os Tempos”, “Transição Planetária”, “Regeneração da Humanidade” e “Geração Nova” que, motivados pelas crescentes e evidentes transformações do planeta Terra e de sua população, buscam descrever e analisar as instruções, orientações e informações repassadas pelos Espíritos Superiores a Allan Kardec, codificadas nas Obras Básicas da Doutrina Espírita, relacionadas direta e indiretamente a essas expressões, esclarecendo com base nos objetivos e fundamentos da Doutrina Espírita a que período essas expressões se referem, qual sua relevância e qual deverá ser a nossa conduta mediante esses esclarecimentos. O estudo afirma que o processo de transição planetária se iniciou com o advento do Espiritismo em 1857; que esse processo diz respeito a um período de preparação para que a Terra se eleve na hierarquia dos mundos, o que ocorre de forma lenta e gradual. A expressão “São Chegados os Tempos” diz respeito aos grandes acontecimentos que se vão dar para a regeneração da humanidade, como parte da Lei de Destruição e do Progresso. Essa regeneração não exige a renovação integral dos espíritos e o período de transição confunde os elementos das duas gerações, sendo os da geração nova responsáveis por fundar a era do progresso moral, distinguindo-se estes, por sua inteligência e razão, juntas ao sentimento inato do bem e as crenças espiritualistas.  A Regeneração da humanidade deverá operar-se pelo progresso moral, que deverá ser resultante do melhoramento individual para que se possa atingir a coletividade.

Palavras-chaves: Transição Planetária. Regeneração. São Chegados os Tempos. Geração Nova.